Bolsonaro quer prorrogar auxílio emergencial de R$ 600 para evitar crise

Na noite dessa terça-feira (02/06), Bolsonaro sinalizou com a possível liberação de mais três parcelas da ajuda. “Temos mais uma parcela de R$ 600, depois mais duas acertadas com o Paulo Guedes.

Falta definir aí o montante. E vamos esperar que até lá os outros governadores entendam o que seja melhor para o seu estado e adotem medidas para voltar aí o povo a trabalhar”, disse Bolsonaro ao falar com apoiadores no Palácio da Alvorada.

Aprovado pelo Congresso, o auxílio emergencial foi sancionado pelo presidente no dia 1º de abril, para serem pagos por três meses. A validade do auxílio pode ser prorrogada de acordo com a necessidade.

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário