27 mil foragidos recebem o auxílio emergencial de R$ 600, entre eles, 11 dos 22 criminosos mais procurados do país

As fraudes e irregularidades no recebimento do auxílio emergencial chegaram ao universo do crime e também no exterior. Reportagem exibida ontem no “Fantástico”, da Rede Globo, mostrou que 11 dos 22 criminosos mais procurados do país — entre traficantes, assassinos e ladrões de banco. Além dos foragidos, brasileiros que moram no exterior também foram beneficiados com a medida de preservação para os mais vulneráveis.

A investigação do “Fantástico” foi feita a partir da lista de foragidos, publicada no site do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A reportagem cruzou os nomes dos criminosos mais procurados do país com a base de dados de solicitantes do auxílio emergencial. Na identificação do cadastro de 11 deles, os recursos constavam como liberados.

Ao todo, 58 milhões de brasileiros tiveram o requerimento aprovado e liberado  por Caixa e Dataprev, responsável pela análise dos cadastros.

A lista de beneficiários irregulares inclui nomes como William Moscardini, o Baixinho, acusado de participar de roubo. em 2017. Ele nunca foi preso por esse crime, mas recebeu duas das três parcelas do auxílio.