Acusados de corrupção receberam R$ 336 mil em auxílio-moradia retroativo do TJRN

acusados-osvaldo-cruz-e-rafael-godeiro-desembargadoresAs folhas suplementares de pagamentos retroativos do auxílio-moradia realizados pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte e referentes ao período compreendido entre 2009 e 2014, divulgadas nesta semana pela Corte estadual, apontam que os dois magistrados acusados de participarem do esquema de corrupção na divisão de precatórios do TJ, Osvaldo Soares da Cruz e Rafael Godeiro Sobrinho, foram beneficiados com a medida autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no final do último mês de outubro.

De acordo com os dados divulgados no Portal da Transparência do Tribunal, os dois desembargadores, condenados em 2013 pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) à aposentadoria compulsória devido as participações no esquema que teve Carla Ubarana e seu marido, George Leal, como mentores, receberam, juntos, R$ 336.255,36.

Deste montante, R$ 178.208,01 foi depositado nas contas de Osvaldo Soares da Cruz, enquanto que os outros R$ 158.047,35 foram repassados a Rafael Godeiro Sobrinho.

AGORARN

logotupperware2013transparenteCompre agora (84) 99918-6080

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário