Bolsonaro se desfilia do PSL

O presidente Jair Bolsonaro assinou, nesta terça-feira (19), a desfiliação do PSL, segundo seus advogados, Karina Kufa e Admar Gonzaga. O documento deverá ser entregue em duas vias, uma para a diretoria do PSL e outra para a Justiça Eleitoral no Rio de Janeiro, zona eleitoral do presidente. 

Bolsonaro se desfilia do partido por causa de brigas internas. A partir de agora, pretende fundar o partido Aliança pelo Brasil (APB), que tem lançamento marcado para esta quinta-feira (21). Ao menos 30 parlamentares devem acompanhar o presidente. 

Ele deverá ficar sem partido até a criação do APB. A ideia é que isso aconteça até março de 2020 para que seja possível lançar candidatos próprios nas eleições municipais do próximo ano.

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário