Brasil: analfabetismo ainda atinge 11 milhões de brasileiros

A taxa de analfabetismo no Brasil passou de 6,8%, em 2018, para 6,6%, em 2019, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua Educação, divulgada nesta quarta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar da redução, que representa cerca de 200 mil pessoas, o país ainda tem 11 milhões de analfabetos, pessoas com 15 anos ou mais que, pelos critérios do IBGE, não são capazes de ler e escrever nem ao menos um bilhete simples.

“É uma taxa que vem baixando ao longo do tempo”, diz a analista da pesquisa Adriana Beringuy. Em 2016, era 7,2%. “O analfabetismo está mais concentrado entre as pessoas mais velhas, uma vez que os jovens são mais escolarizados e, portanto, vão registrar indicador menor”, acrescenta. Apesar de ter registrado queda, os dados mostram que 18% daqueles com 60 anos ou mais são analfabetos. Em 2018, eram 18,6% e, em 2016, 20,4%.

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário