Câmara aprova PEC dos Precatórios em segundo turno por 323 a 172 votos

Em mais uma demonstração de força e liderança do seu presidente, Arthur Lira (PP-AL), a Câmara dos Deputados aprovou por 323 votos a favor, 172 contra e uma abstenção, na noite desta terça-feira (9), em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios, que permite ao governo o ‘parcelamento’ de dívidas federais nos próximos anos e viabiliza o programa Auxílio Brasil através de um novo cálculo do teto de gastos públicos.

No primeiro turno, semana passada, o plenário da Câmara aprovou a PEC por 312 x 144. A proposta segue para a análise do Senado Federal após as análises dos destaques.

Precatórios são dívidas de todas as naturezas do governo com sentença judicial final, já transitada em julgado.