Centrão recua e desiste de apoiar adiamento das eleições

Um dia após o TSE se mostrar favorável ao adiamento das eleições, presidentes de siglas do PP, PL, Republicanos e PSD decidiram se posicionar contra o adiamento das eleições municipais. Somadas, as bancadas desses partidos representam em torno de 150 deputados federais e têm potencial para barrar, por exemplo, uma eventual discussão Proposta de Emenda à Constituição determinando novas datas para o pleito devido à pandemia. 

Segundo parlamentares, há duas preocupações centrais com o adiamento da eleição: a principal em relação ao financiamento, já que uma campanha prorrogada geraria mais custos e, com a proibição de doações privadas, dirigentes partidários alegam que dependem apenas do fundo eleitoral. Além disso, há receio sobre um eventual atraso na posse dos novos eleitos caso o pleito seja adiado para dezembro. Isso porque, depois da eleição, haveria pouco tempo hábil para aprovação das contas e diplomação, etapas que antecedem o início do mandato. 

CNN

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário