CGU: governo paga R$ 45 milhões a aposentados e pensionistas mortos

O governo federal paga aposentadorias e pensões a 504 servidores públicos registrados como mortos no Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM).

O montante de pagamentos apontados como indevidos, considerando a remuneração bruta dos servidores aposentados e pensionistas identificados nessa situação, equivale a cerca de R$ 45,4 milhões. Dezenas deles estão há mais de dois anos recebendo o benefício, mesmo após o óbito.

Os dados foram levantados em um relatório de auditoria feito pela Controladoria Geral da União, ao qual o Metrópoles teve acesso.