CGU: governo pagou R$ 7,6 milhões em seguro-desemprego a mortos

O governo pode ter pagado, de maneira irregular, até R$ 97,239 milhões em seguro-desemprego solicitados no ano passado. O benefício é destinado a trabalhadores demitidos sem justa causa.

Os dados fazem parte de auditoria da Controladoria Geral da União (CGU), finalizada na última sexta-feira (20/5). O órgão analisou os números do Fundo de Amparo ao trabalhador (FAT) de 2021.

No caso do seguro-desemprego, a auditoria abarcou 2,641 milhões de requerimentos feitos entre 4 de janeiro e 8 de outubro. Os pedidos são de trabalhadores que foram demitidos no primeiro semestre do ano passado.

METRÓPOLES

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário