Deputados aprovam crédito suplementar de R$ 343,6 bilhões e autorizam governo a contornar ‘regra de ouro’