Em troca de ministérios, evangélicos prometem filiar 15 milhões à Aliança

Emissários da bancada evangélica no Congresso fizeram uma proposta chegar aos ouvidos de Jair Bolsonaro, informa a Crusoé.

Em troca de dois ministérios de peso em uma futura reforma, eles se comprometeriam a filiar à Aliança pelo Brasil pelo menos 15 milhões de pessoas.

Em busca de apoio para se viabilizar, o partido Aliança pelo Brasil, que está sendo criado pela família Bolsonaro, poderá ganhar, em prazo curto, 15 milhões de filiados evangélicos. É o que prometem políticos evangélicos no caso de a bancada conquistar “protagonismo maior” no governo, ocupando espaço de atuação política. O apoio para criação de partido deve ser de ao menos 500 mil eleitores de nove estados.