Escanteado no Governo, Guedes acredita que aprovará nova CPMF

Cada vez mais enfraquecido no governo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, acredita, agora, que conseguirá levar adiante a proposta de recriação da CPMF, travestida de imposto sobre transações eletrônicas. Ele ainda não combinou o jogo com o presidente Bolsonaro, mas crê que tem bons argumentos para oferecer em troca.

Em busca de apoio à nova CPMF, Guedes quer negociar com Bolsonaro a isenção de impostos para igrejas — mesmo não concordando, o presidente vetou um perdão de quase R$ 1 bilhão a templos religiosos — e medidas populares, como a redução do imposto sobre fogão, geladeira e máquina de lavar, a chamada linha branca.

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário