Exportação de peixes cresce 33% no RN

A exportação de peixes pelo Rio Grande do Norte cresceu na passagem de 2017 para 2018. Dados do Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (CIN/Fiern) apontam que o valor comercializado ao longo do ano passado cresceu 33,27% – saindo dos US$ 14,851 milhões em 2017 para US$ 19,793 milhões em 2018.

A quantidade de toneladas enviadas ao mercado internacional também cresceu, mas em proporção menor: 15,60%. A variação cambial, com o dólar mais valorizado em relação ao real e margeando os R$ 4,00 no período, é apontada como causa do crescimento do valor negociado. No período, o atum se tornou um dos pescados mais comercializados e de maior valor agregado.

A meta dos produtores é ampliar as exportações e formalizar a pesca do atum, um dos peixes mais demandados pelos consumidores internacionais, cuja produção está em franca expansão no Rio Grande do Norte. “