Funcionários tentam barrar ida de Weintraub ao Banco Mundial

A associação que representa os funcionários do Banco Mundial enviou nesta quarta-feira (24) uma carta ao Comitê de Ética da instituição para pedir a suspensão da nomeação de Abraham Weitraub, ex-ministro da Educação, para assumir um cargo na diretoria do banco.

Entre os motivos citados pelo grupo que tenta barrar a nomeação aparecem os recentes casos de racismo envolvendo o ex-ministro e as declarações públicas dele contra os direitos das minorias. Para o grupo, as manifestações vão contra a “posição moral e clara para eliminar o racismo” assumida pelo Banco Mundial.

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário