Governadores na mira da PGR; entre eles o do Rio

Três procuradores foram destacados por Augusto Aras “para reunir indícios de corrupção” contra pelo menos cinco governadores nos contratos emergenciais firmados para a compra de insumos e equipamentos em meio à pandemia da Covid-19, diz a Veja.

Um deles, de acordo com a publicação, seria o governador do Rio, Wilson Witzel.

“A nova leva de pedidos de inquérito da PGR contra governadores no STJ deve ser anunciada por Aras nos próximos dias”, diz a reportagem.