Henrique lança pré-candidatura e diz que quer ser jugado pelo povo

Em entrevista no sábado (15), em Caicó, o ex-deputado e ex-ministro Henrique Alves anunciou sua pré-candidatura a deputado federal nas eleições de 2022. Disse que está percorrendo o estado para ouvir dos amigos e correligionários e em todos os lugares que vai, tem as pessoas lhe recebido de portas abertas.

Falou da emoção de voltar a São João do Sabugi, onde foi recebido pelos prefeitos Anibal Pereira e Galego Paiva de Ipueira, recordou a data do dia 15, na única cidade que Ulisses Guimarães venceu como candidato a presidente e a lembrança dos 10 anos da morte do ex-prefeito de Caicó e ex-deputado Manoel Torres, seu leal aliado como de seu pai, o ex-governador Aluizio Alves.

Em Caicó, Henrique disse que passou 328 dias em prisão preventiva, que na sua opinião “foi uma coisa absurda, injustificada, sem ter nenhuma sentença contra o mesmo”. No final de 2021, foi absorvido pela justiça. Henrique disse que na prisão injusta, passou por momentos difíceis, mas o cárcere fez ele aumentar a fé em Deus.

Foto ilustrativa: Nos 80 anos de Bobó, comandante do bacuralado currais-novense.