Houve acordo entre os blocos para composição da Mesa da Câmara

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que os líderes dos dois blocos partidários chegaram a um acordo para a composição da Mesa Diretora na eleição marcada para amanhã, às 10h.

Segundo ele, houve pacificação em relação à participação dos dois grupos na divisão dos cargos. “Isso deve ajudar a construção do entendimento da Casa. Sempre trataremos por maioria da Casa e nada de decisões isoladas”, afirmou Lira.

1ª Vice-Presidência – PL – Marcelo Ramos (AM) deve ocupar o cargo;

2ª Vice-Presidência – PSD – André de Paula (PE) deve ocupar o cargo, mas Delegado Éder Mauro (PA) e Júlio Cesar (PI) também se candidataram;

1ª Secretaria – PSL – Luciano Bivar (PE) deve ocupar o cargo, mas Léo Motta (MG) também se candidatou;

2ª Secretaria – PT – Marília Arraes (PE) era o nome do PT até esta tarde, mas Paulo Guedes (MG) e João Daniel (SE) também se candidataram;

3ª Secretaria – PSDB – Rose Modesto (MS) deve ocupar o cargo, mas poderá haver disputa com Júlio Delgado (PSB-MG), que disputa como avulso. Delgado poderá ter a candidatura indeferida por não ser do PSDB, partido contemplado pelo acordo;

4ª Secretaria – Republicanos – Rosângela Gomes (RJ) deve ocupar o cargo.

As 4 suplências devem ficar com PDT, DEM, PSC e PSB. A Câmara divulgou um documento com as candidaturas. PSB e PSDB disputaram a 3ª Secretaria. Pelo acordo, os tucanos ficaram com o posto. Mas haverá divisão informal dos assessores que podem ser nomeados pelos ocupantes desses cargos.

Os tucanos cederão 11 dos 33 disponíveis na 3ª Secretaria e ficarão com 22. O PSB terá esses 11 e mais os 11 da suplência, totalizando também 22.

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário