Inquérito: Sobre gravação, Procurador diz que só interessa diálogos entre Bolsonaro e Moro

O procurador-geral da República, Augusto Aras, disse em entrevista ao Canal Livre deste domingo, 10, que é preciso ter cuidado com o conteúdo da reunião de Jair Bolsonaro com ministros. “A rigor, só interessa ao inquérito diálogos travados entre Bolsonaro e Sergio Moro.

Aras é responsável pelo inquérito que apura as denúncias do ex-ministro da Justiça Sergio Moro. Ao deixar o cargo, o ex-juiz da Lava Jato acusou Bolsonaro de tentar interferir politicamente na Polícia Federal. Em oitiva à PF, Moro citou a reunião ministerial como uma prova dessa interferência. Na ocasião, o presidente teria verbalizado o desejo de trocar o superintendente da PF no Rio de Janeiro.