Irmão afirma que Sara Winter não pode viver em sociedade e se diz feliz com prisão “É uma sociopata”

Ao saber que sua irmã, Sara Winter, líder do grupo armado de extrema direita “300 do Brasil”, havia sido presa nesta segunda-feira (15), Diego Giromini, 37, comemorou.

Segundo ele, Sara não pode viver em sociedade, pois prejudica tudo o que toca: a família, a política, o país.

“Como sou brasileiro e eu quero um país melhor, a notícia foi extremamente positiva. É uma pessoa totalmente descontrolada, só quer aparecer na mídia. Não serve para nada. É uma sociopata. Ela tem a cabeça da Suzane von Richtofen”, afirma Diego, que é ex-atleta de MMA e hoje trabalha como motorista particular em São Carlos.

Sara é uma das investigadas no inquérito das fake news. A prisão, no entanto, saiu de outro inquérito, do que apura a realização de atos antidemocráticos, sob relatoria do ministro Alexandre Moraes, do STF.

Diego diz que as ações da irmã são movidas pelo desejo por dinheiro e fama. “É desse jeito desde pequenininha”.

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário