O Editor José Xavier escreve seu primeiro livro

O curraisnovense José Xavier Cortez, 84 anos, tem uma história única, digna de um roteiro para as telonas.

Na infância e adolescência, na sua terra natal, Cortez encarou o trabalho duro na agricultura de subsistência, no garimpo e no comércio de secos e molhados. Aos 18, entrou para a Marinha do Brasil, de onde foi expulso após o Golpe de 64. Em São Paulo, trabalhou em um estacionamento lavando carros, e foi nesse período também que surgiu seu interesse pelo livro e pela leitura, o que daria um novo rumo a sua vida, quando concluiu o ensino médio noturno, e ingressou no curso de economia da PUC-SP, época também em que iniciou sua carreira como livreiro.

Tempos depois, fundou a Editora Cortez. Hoje, com mais de 40 anos, a editora já publicou mais de 1.500 títulos e a força de suas raízes se mantém, pois dentre seus livros 95% foram escritos por professores, pesquisadores e intelectuais brasileiros. Ou seja, a Cortez Editora tornou-se, ela mesma, uma depositária da cultura brasileira em suas expressões de análise, de crítica, de criatividade e de renovação permanente.

Na sua missão Cortez já ultrapassou a marca de 50 anos dedicados ao mercado livreiro e editorial. Recebeu o título de Cidadão Paulistano e, graças a seu trabalho como incentivador do livro e da leitura, hoje dá nome à Escola Estadual José Xavier Cortez, situado na zona Sul de São Paulo.

E como não bastasse toda contribuição que já deu ao mercado editorial, isolado em casa no período de pandemia, Cortez resolveu escrever, aos 83 anos, seu primeiro livro. A obra “Tempos de Isolamento – Reflexões e Qualidade de Vida” – conta as memórias e reflexões do editor, advindas do período de isolamento forçado, decorrente do Covid-19. Com a experiência de um vencedor, que já ultrapassou inúmeras adversidades na vida, Cortez, na sua primeira obra nos convida a atravessar esse momento com otimismo e esperança.

Aos 84 anos, esse seridoense radicado em São Paulo há quase 60 anos, tem uma história rica em desafios e superações. Sua trajetória já rendeu biografia, livro infantil e documentário, e essa obra chega para provar que Cortez ainda tem muito a compartilhar.

O livro é escrito em parceria com a jornalista e escritora Goimar Dantas, também potiguar, e que já tinha escrito a biografia de Cortez: “A saga de um sonhador”, em coautoria com Teresa Sales, e foi inclusive finalista do Prêmio Jabuti.

O livro já está a venda nas melhores livrarias em todo Brasil. Aqui em Currais Novos, Santa Cruz e Parelhas na loja Papel e Caneta.

1 comentário até agora ↓

#1 Cortez, José Xavier em 11.26.20 at 19:12

Nesses casos e sempre prudente falar algo sobre a sistemática do programa, inclusive tempo para um aproveitamento melhor para TODOS

Deixe um comentário