Justiça de São Paulo solta 3,1 mil presos por causa do Coronavírus

A Justiça de São Paulo já ordenou a libertação de 3,1 mil presos no estado. A medida visa visa preservar as vidas dos detentos que são de grupos de risco para Covid 19.

Do total, 130 presos estavam condenados pela Lei Maria da Penha, que pune atos violência contra a mulher.

A maioria dos que foram soltos estava detida por tráfico de drogas: 1.273. Em segundo lugar vem furto, com 608 presos soltos, e roubo, com 342. Há ainda 103 condenados por homicídio entre os soltos e 82 por lesão corporal.

Quase a metade dos que foram colocados em liberdade têm menos de 30 anos (1.488), mas com doenças pré-existentes que podem agravar um quadro de Covid-19.

O sistema prisional registra até agora 14 casos confirmados de Covid-19, com sete óbitos. Dois se recuperaram e cinco seguem internados; 56 suspeitos estão isolados.

MÔNICA BERGAMO

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário