Justiça liberta fundador da Ricardo Eletro, preso por suspeita de sonegar e lavar R$ 400 mi

O empresário Ricardo Nunes, fundador da Ricardo Eletro, foi libertado pela Justiça na tarde desta quinta-feira (9), após depoimento no Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), no âmbito do inquérito da Operação Direto Com O Dono. Ricardo foi preso ontem (8), em São Paulo, pela suspeita de ser o principal beneficiário de um esquema criminoso de sonegação fiscal e lavagem de dinheiro. Segundo promotores e delegados, o esquema desviou cerca de R$ 400 milhões do cofres públicos.

O empresário estava no Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp) em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG). E, ao ser liberado, Ricardo Nunes disse que tudo já foi esclarecido e fará uma “live” na segunda-feira (13) para se explicar.

Seu advogado, Sérgio Leonardo, disse que ele respondeu todas as perguntas e que as empresas envolvidas na operação pertencem a mãe de Ricardo.

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário