Justiça nega pedido do MPF para afastar Robinson Faria do Governo do Estado

O Superior Tribunal de Justiça (STJ), por meio do ministro relator Raul Araújo, indeferiu o pedido do Ministério Público Federal (MPF) para o afastamento do governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD). O MPF pleiteava o afastamento de Robinson tanto do exercício do cargo, quanto das dependências do Centro Administrativo e da Assembleia Legislativa potiguar, em razão das acusações sofridas durante as investigações da Operação Dama de Espadas, acerca de supostos desvios de recursos na Casa dos deputados estaduais.

No entendimento do ministro Raul Araújo, a rejeição ao pedido de medidas cautelares vem “sem prejuízo de serem apreciados por ocasião do julgamento do pedido de recebimento da denúncia”.

Preliminarmente, o relator também indeferiu o pedido do MPF para que Robinson seja impossibilitado de entrar em contato com Magaly Cristina da Silva e Adelmo Freitas dos Reis, servidores da Assembleia que, segundo o órgão investigador, teriam, a mando de Robinson, contatado a ré Rita das Mercês Reinaldo para impedir que ela o implicasse nas investigações do Ministério Público Federal.

6s211

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário