Mais de 3,7 mil desempregados fizeram doações a candidatos, de acordo com levantamento do TSE

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) identificou em levantamento cerca de R$ 25 milhões pagos a fornecedores ou doados a candidatos às eleições municipais deste ano com alguns indícios de irregularidade.

São quase sete mil indicativos de problemas, tanto no pagamento a prestadores de serviços quanto no recebimento de doações, diz o órgão.

O indício que possui maior quantidade de itens aparentemente irregulares é o relativo aos doadores potencialmente desempregados. São 3.793 casos de doação, totalizando R$ 15,9 milhões. Na sequência, estão os doadores cuja renda é incompatível com o valor doado – são 782 casos, que totalizam R$ 6,4 milhões.

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário