Ministério Público denuncia Alckmin por corrupção, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica

O Ministério Público de São Paulo denunciou nesta manhã Geraldo Alckmin pelos crimes de falsidade ideológica eleitoral, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Além de Alckmin, foram denunciados Marcos Antônio Monteiro, tesoureiro da campanha de 2014, e o advogado Sebastião Eduardo Alves, ex-assessor do tucano.

Segundo a promotoria, o ex-governador recebeu R$ 2 milhões em espécie da Odebrecht na campanha ao governo de SP em 2010. Alckmin também teria recebido outros R$ 9,3 milhões da empreiteira quando disputou a reeleição, em 2014.

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário