Ministério Público denuncia Flávio Bolsonaro por organização criminosa, peculato e lavagem de dinheiro

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), o ex-assessor Fabrício Queiroz e outros 15 investigados pela prática dos crimes de organização criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e apropriação indébita no caso de suposta “rachadinha” na Assembleia Legislativa fluminense.

O MP-RJ acredita que o senador recolhia o salário de parte de seus antigos funcionários em seu antigo gabinete na Assembleia para benefício pessoal.

A denúncia foi apresentada por meio da Subprocuradoria-Geral de Justiça de Assuntos Criminais e Direitos Humanos no dia 19 de outubro junto ao Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio.

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário