O tiro no pé de Lula

Num dos e-mails entregues à PF por Marcelo Odebrecht, um dos executivos da empreiteira, Marcos Wilson, avalia que “Lula, o Filho do Brasil” era “um tipo de louvação maléfico” e que poderia se tornar “um tiro no pé” do petista.

O executivo estava certo.

O financiamento do filme, que era “um desejo” de Lula, o Cliente, foi coordenado por Gilberto Carvalho, o Seminarista, e pode render um tempo de cadeia para ambos.Captura-de-Tela-2018-01-05-as-08.26.37-628x156

De O Antagonista

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário