Papa Francisco critica casais que optam por ter pets em vez de filhos

Numa defesa da adoção de crianças, o papa Francisco disse nesta quarta-feira (5) que casais que optam por ter cães e gatos em vez de filhos exibem “um certo egoísmo”.

Falando sobre a paternidade durante uma audiência geral no Vaticano, Francisco lamentou que os animais de estimação “às vezes tomem o lugar das crianças” na sociedade.

“Muitos casais não têm filhos porque não querem, ou têm apenas um porque não querem mais. Mas eles têm cães e gatos que tomam o lugar das crianças. Pode parecer engraçado, mas é a realidade”, comentou o pontífice.

Para ele, essa prática “é uma negação da paternidade e da maternidade, e nos diminui, tira nossa humanidade”.