Por atuação na pandemia, Bolsonaro é acusado em Haia de crimes contra a humanidade

Um grupo de entidades sindicais brasileiras ingressou neste domingo (26) com uma ação no TPI (Tribunal Penal Internacional), em Haia, na Holanda, contra o presidente Jair Bolsonaro por crime contra a humanidade.

A Rede Sindical Brasileira Unisaúde, formada por entidades de saúde e que representa mais de um milhão de trabalhadores do setor, acusa o presidente de “falhas graves e mortais” no combate à pandemia do coronavírus.

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário