Reforma eleitoral pode criar distritão para eleição proporcional

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), colocou a reforma eleitoral entre suas prioridades de votação no início de seu mandato. Há um grupo criado para estudar mudanças no código eleitoral, que deve apresentar seu plano de trabalho nesta 4ª feira (24.fev.2020), mas não será só isso.

A sugestão com mais receptividade entre os políticos que estão por trás do movimento é substituir o sistema proporcional de lista aberta, vigente atualmente, pelo chamado “distritão”.

Hoje, as vagas para deputado federal em um Estado, por exemplo, são divididas entre os partidos de acordo com a quantidade de votos que seus candidatos têm somados. Definidas quantas vagas cada sigla terá, assumem os mais votados na legenda.

No distritão, assumem os mais votados, independentemente do desempenho das siglas. Essa modalidade de eleição enfraquece os partidos políticos.

PODER 360

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário