Sistema criminal é injusto com os pobres e leniente com os poderosos, diz Fachin

No ofício enviado ao novo presidente do STF, Luiz Fux, o ministro Edson Fachin afirmou que o sistema criminal brasileiro é injusto com “cidadãos desprovidos de poder econômico ou político” e “leniente com os poderosos às voltas com práticas criminosas”.

Para o ministro, o “mais grave” é o fato de que “apenas 1,43% dos presos responde por crimes contra a Administração Pública”.

No mesmo documento em que tratou da “legalidade constitucional” dos trabalhos da Lava Jato, Fachin diz a Fux:

“Por aí, Senhor Presidente, consoante é consabido, se percebe com nitidez quem é, tradicionalmente, infenso à lei penal. Isso não significa, de modo, mitigar garantias constitucionais, pois somente na legalidade constitucional é possível encontrar respostas.”

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário