Temer admite rever política de preços da Petrobras

O presidente Michel Temer admitiu nesta terça-feira, em entrevista à TV Brasil, que o governo pode mexer na política de preços de combustíveis da Petrobras —para além do diesel acordado com o movimento dos caminhoneiros— e, de acordo com uma fonte ouvida pela Reuters, conversas nesse sentido já começaram entre o governo e a estatal.

“A Petrobras se recuperou ao longo desses dois anos.

Estava em uma situação economicamente desastrosa há muito tempo, mas nós não queremos alterar a política da Petrobras. Nós podemos reexaminá-la, mas com muito cuidado”, disse o presidente.

6s211