Tribunal de Ética da OAB proíbe Moro de advogar para consultoria

O Tribunal de Ética e Disciplina da OAB-SP mandou a Sergio Moro notificação para dizer que é proibida a prática de atividade privativa da advocacia aos clientes da consultoria Alvarez & Marsal, da qual o ex-ministro da Justiça se tornou sócio-diretor.

Assinado pelo presidente do tribunal, o advogado Carlos Kauffmann, o texto afirma que Moro está sujeito a medidas administrativas e judiciais caso advogue para clientes da consultoria.

O Antagonista

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário