UFRN pesquisa efeitos da seca no Seridó

O Centro de Pesquisa de Ensino Superior do Seridó (Ceres) do campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Currais Novos, está realizando estudos e pesquisas para detectar os efeitos da estiagem, que se prolonga há quase cinco anos na região Nordeste, sobre a atividade turística da região do Seridó.

A pesquisa A seca e seus efeitos no desenvolvimento do turismo do Seridó Potiguar está sendo desenvolvida em dez cidades seridoenses: Acari, Caicó, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Currais Novos, Florânia, Lagoa Nova, Jucurutu, Parelhas e Serra Negra do Norte. Esses municípios utilizam o turismo como uma estratégia para desenvolver a economia local.

Para desenvolver o estudo, os pesquisadores do Ceres estão visitando essas cidades e aplicando questionários entre as principais empresas dos setores de gastronomia e de hospedagem e com os gestores públicos municipais.

17757471_104127293475823_6584461141806481722_n2

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário