Vacinas Pfizer e AstraZeneca ‘vencem’ variante Delta, mas apenas com duas doses

Um estudo liderado pelo Instituto Pasteur, da França, indicou que a variante Delta do coronavírus causador da Covid-19 precisa de duas doses dos imunizantes da Pfizer ou da AstraZeneca para ser contida pelo organismo de seres humanos.

Segundo os cientistas, a variante Delta mostrou ter maior facilidade que o vírus original – ou mesmo outras cepas – para “driblar” o sistema imunológico.

O estudo, publicado nesta quinta-feira (8) pela revista científica Nature, mostrou que as células do sistema imune que foram mais eficazes em combater a variante Delta foram daqueles indivíduos que tomaram duas doses das vacinas da AstraZeneca ou da Pfizer.

0 comentários ↓

Não existe comentários ainda...que tal deixar sua opinião ??

Deixe um comentário