Congresso remaneja R$ 9,3 bilhões do Bolsa Família para o Auxílio Brasil

Deputados e senadores aprovaram nesta quinta-feira (11), em sessão do Congresso Nacional, projeto que remaneja R$ 9,3 bilhões do orçamento do Bolsa Família, extinto pelo governo federal, para o Auxílio Brasil, programa que será a principal vitrine eleitoral de Jair Bolsonaro em 2022.

O novo programa de transferência de renda foi criado por Medida Provisória (MP). Para pavimentar o caminho das eleições, Bolsonaro quer pagar benefício mínimo de R$ 400 para todas as famílias. Como o antigo programa deixa de existir, a ação legislativa foi necessária para aproveitar os recursos.

Apesar das indefinições em relação ao programa de transferência de renda do governo, todas as 14,6 milhões de famílias do programa Bolsa Família receberão o novo benefício a partir de 17 de novembro.