Mensalidade vai subir em 91% das escolas; reajuste pode chegar a 12%

Após dois anos marcados por perdas causadas pela pandemia do novo coronavírus, 90,9% das escolas particulares planejam reajustar a mensalidade dos alunos no próximo ano letivo.

Dados apresentados por um estudo da Meira Fernandes mostram que a variação de reajustes pode superar os 12%, alta avaliada por 9,1% das instituições privadas de ensino.

Para mais da metade das escolas (53%), o aumento da mensalidade estudado deve ficar entre 7% e 10%. Altas entre 5% e 7% são planejadas por 16,7% das instituições e um incremento entre 10% e 11% é visto como adequado para 7,6% dos colégios.

Entre as escolas que desejam aumentar o valor da mensalidade, 6,1% ainda não definiram qual é o reajuste adequado. Há ainda 1,5% de instituições que estimam aumento entre 1% e 3% e outros 6,1% esperam elevar os boletos em um percentual entre 3% e 5%.