Moraes anula decisões de Bretas e manda ações contra Temer ao DF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou nesta terça-feira, 18, que duas varas da Justiça Federal (uma no Rio de Janeiro, outra em São Paulo) remetam em 24 horas duas ações contra o ex-presidente Michel Temer à Justiça Federal do Distrito Federal. Moraes também anulou as decisões tomadas pelo juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, incluindo o recebimento da denúncia do Ministério Público Federal contra Temer pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro.

Com o despacho do ministro, o emedebista deixa de ser réu no processo. Agora, caberá ao magistrado da 12ª Vara Federal de Brasília decidir sobre a acusação dos procuradores de que irregularidades em contratos das obras da usina de Angra 3 teriam levado a desvios de 11 milhões de reais, em benefício de Temer. 

Veja