Queiroga: “Não podemos sair de liberar festas para uma situação de fechamento total da economia”

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou hoje não ver motivo para um fechamento total da economia após a detecção de casos da variante ômicron do novo coronavírus no país.

“Não podemos sair de uma situação libertária de festas, Réveillon, Carnaval, para uma situação de fechamento total da nossa economia, porque as consequências nós já sabemos. Até porque não há motivo para isso, até agora, o que já é notificação da variante que tem muitas mutações, mas o real impacto sobre a saúde, não sabemos. Torcemos para que os casos da variante ômicron sejam mais leves”, disse ele durante reunião em Brasília transmitida pelo YouTube.