Arquivo da categoria: Arte

Exposição resgata a arte de Xico Santeiro

A importância da obra do maior escultor popular potiguar, Joaquim Manoel de Oliveira, é o tema da exposição “Além do imaginário: a arte popular potiguar, antes e depois de Xico Santeiro”, que será aberta nessa segunda-feira (10), às 15h, no salão nobre da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Na ocasião, além da presença de familiares do artista, os professores e pesquisadores Antônio Marques e Everardo Ramos participarão de uma mesa redonda sobre o tema da mostra.

A exposição reúne 22 peças de Xico Santeiro (1898-1966), oriundas dos acervos particulares dos colecionadores Haroldo Maranhão, Augusto Viveiros, Francisco Francinildo e Alexandre Gurgel. Destacam-se também as peças da pré-era Xico Santeiro, disponibilizadas pelo professor e colecionador de arte popular Antônio Marques. São raríssimas criações de imaginários anônimos (artistas populares que produziam e consertavam imagens sacras de madeira) com datas estimadas entre os séculos XVIII e XIX.

Além das peças produzidas por Xico Santeiro, outras mais de 60 estarão expostas, oferecendo uma cronologia singular desde os primórdios da arte popular passando por grandes nomes que vieram após Xico, até a produção atual dos novos talentos da escultura popular potiguar. Essa vasta reunião, de 31 artistas catalogados, é proveniente dos colecionadores já citados, e também Padre Jocimar Dantas e do escritor Lívio Oliveira.

Segundo Alexandre Gurgel, curador da mostra e chefe do Núcleo Cultural Café Filho da ALRN, essas coleções particulares jamais foram reunidas numa única mostra. Ele destaca as peças que pertenceram ao ex-prefeito de Natal e ex-deputado estadual Djalma Maranhão, hoje sob a guarda do arquiteto Haroldo Maranhão, e o Cristo que pertenceu ao doutor Paulo Viveiros.1 hVer tradução

Proposta por João Gustavo, câmara realiza audiência sobre Artesanato Popular

A Câmara Municipal de Vereadores de Currais Novos convida a todos para a Audiência Pública sobre a elaboração da lei de criação do Programa Municipal de Artesanato Popular – Feito em Currais Novos. Este evento é uma excelente oportunidade para os artesãos e a comunidade em geral contribuírem com suas opiniões e sugestões.

Data: 05/06
Horário: 09h
Local: Câmara Municipal de Vereadores de Currais Novos

A proposição é do mandato do vereador João Gustavo, que acredita no potencial transformador do artesanato para a cultura e a economia local. Sua participação é fundamental para o sucesso deste importante projeto.

Oficina de dança gratuita esteve em 05 municípios do Seridó

A Oficina O Corpo na Cena, do Projeto Trapiá Semente, visitou municípios, através de Mônica Belotto, graduada em Dança, com Especialização em Consciência Corporal no Paraná e formação em Metodologia do Ensino de Ballet Clássico, em Cuba.

Como forma de promover o conhecimento nos municípios, o Projeto Trapiá Semente ampliou as participações nas oficinas, disponibilizando para que pessoas deste universo da dança, que fazem parte de grupos de dança e/ou sejam professores de dança, participassem da oficina, junto aos adolescentes do projeto.

A oficina O Corpo na Cena aconteceu dia 14, em Tenente Laurentino RN, dia 16 em Jardim Do Seridó, e dia 17 em Serra Negra Do Norte. No último sábado, dia 18, houve Oficina O Som na Cena em São João Do Sabugi e Timbaúba Dos Batistas.

O Projeto Trapiá Semente é realização é da Associação Cultural Trapiá através da Lei Câmara Cascudo, com patrocínio do Governo do RN, Secretaria Extraordinária de Cultura, Fundação José Augusto, Instituto Neoenergia e Neoenergia Cosern. A produção é da Mapa Realizações Culturais e conta com apoio das Prefeituras Municipais.5 minVer tradução

Leilza participa do Festival Nossa Arte em Currais Novos

A vereadora Leilza Palmeira esteve presente ao Festival Estadual Nossa Arte, realizado semana que passou em Currais Novos.

O evento contou com as presenças de APAEs de todo o Rio Grande do Norte.

Na cerimônia de abertura, estiveram presentes, os representantes da APAE, que abriram os trabalhos para uma vasta programação cultural.

O festival teve como objetivo, incentivar a veia artística dos assistidos, num grande evento aberto ao público.

“Tive e grata satisfação de participar desse importante evento estadual, que reuniu em Currais Novos as APAEs do Rio Grande do Norte, mostrando as manifestações culturais apresentadas pelos assistidos por essas instituições.”, frisou a vereadora Leilza Palmeira.

O Sombra: filme contará história de PC FARIAS

O filme que contará a vida do alagoano PC Farias, tido como um dos maiores símbolos da corrupção na história recente do país.

A produtora Black Bean Films, acaba de comprar os direitos do livro “Notícias do Planalto”, de Mario Sergio Conti, que servirá de base para o roteiro de um filme sobre a vida do tesoureiro da campanha de Fernando Collor à Presidência, em 1989.

PORCHAT em show no Teatro Riachuelo

Considerado um dos maiores nomes da comédia brasileira, Fábio Porchat está em turnê pelo Brasil com o show “Histórias do Porchat”. Em Natal, o comediante se apresenta dia 18 de abril, às 21h, no Teatro Riachuelo.

‘HISTÓRIAS DO PORCHAT” é o novo espetáculo de stand-up de Fábio Porchat. O artista retorna com novas histórias que prometem muitas risadas da plateia. São contadas várias situações já vividas por ele em suas inúmeras viagens pelo mundo. Ao longo de sua carreira e viagens, Fábio acumulou várias experiências, dando muito material para ser explorado no teatro, TV e cinema. A ideia da peça é divertir, aliviar um pouco toda essa pressão que vivemos nesses últimos anos de pandemia, e rir, sempre, é um ótimo remédio. No espetáculo, Porchat conta diversas situações já vividas por ele em suas inúmeras viagens pelo mundo, que vão desde uma massagem na Índia, encontro com gorilas, safáris na África, e até dor de barriga no Nepal. Uma noite que vai te fazer chorar de tanto rir!

Com destaque nacional em filmes, séries, Internet e programas de TV, Fábio é hoje um dos grandes nomes do cenário brasileiro e uma grande referência na cultura de nosso país. O público terá um grande espetáculo e a certeza de que sairá mais leve e feliz do teatro.

Projeto Aldo Parisot lança segundo polo na cidade de Currais Novos

Após dois anos de atuação na cidade de Caicó, localidade onde promoveu a formação da primeira orquestra de cordas da história do Seridó, o projeto de extensão da Escola de Música da UFRN (EMUFRN) Aldo Parisot realiza o lançamento, em 2024, de seu segundo polo de atividade na cidade de Currais Novos.

O projeto é voltado para crianças e adolescentes do sexo feminino, na faixa etária entre 10 e 15 anos, em situação de vulnerabilidade social, promovendo o ensino de violoncelo, violino e viola. A iniciativa investe ainda na transformação da realidade social das participantes, possibilitando a elas o acesso à cultura.

Coordenado pelo professor da Escola de Música da UFRN (EMUFRN), Fabio Soren Presgrave, o projeto é inspirado pelo violoncelista potiguar Aldo Parisot (1918-2018), que atuou como solista de diversas Orquestras, como as de Berlim, Viena e Nova Iorque. Os violinos a serem utilizados no polo Currais Novos foram adquiridos com o apoio do Programa Caravana Cultural, da Pró-Reitoria de Extensão da UFRN (Proex).

IFRN Campus Currais Novos realiza II Festival de Dança

O Festival de Dança IFRN 2023 promovido pelo Campus Currais Novos apresenta como tema “Vamos dançar: Corpo, Dança e Escola” e apresenta a Dança como sendo também um elemento fundamental na formação dos nossos educandos.

O evento será realizado no dia 13 de dezembro, com início às 18h20, no Ginásio do IFRN – Campus Currais Novos e não se limita aos muros da escola. Portanto, o espaço está aberto para que a comunidade local e de outras cidades da região também possam se apresentar.

A ideia é vivenciar a dança durante o percurso escolar como condição relevante para o processo de formação, pois a prática busca estimular o conhecimento do corpo e a expressividade humana, uma vez que a maneira como nos expressamos é tão rica e significativa. Vale destacar que não é preciso ter os movimentos perfeitos ou sincronização perfeita para ter a oportunidade de dançar, uma vez que a vivência do momento é o principal móvito desse evento.

As inscrições serão realizadas via preenchimento do formulário de inscrição disponível ao clicar AQUI e envio de vídeo para o e-mail [email protected] com a apresentação até o dia 5 de dezembro. Cada apresentação não poderá ultrapassar 5 minutos.

Negros do Riacho em web série do artesanato

As louças das mulheres da comunidade quilombola Negros do Riacho, em Currais Novos, também fará parte da web série do artesanato Potiguar, produzida pelo governo do Estado do Rio Grande do Norte. Semana passada, foram realizadas filmagens e entrevistas das louceiras de Currais Novos.

Em Ouro Branco, a preservação do patrimônio coloriu a cidade

Fundada em 1905, a cidade de Ouro Branco, na região Seridó do Rio Grande do Norte, tem 4.913 habitantes, de acordo com o censo de 2022, e seu nome faz referência à época da alta produção do algodão mocó no Seridó, que funcionava como eixo da economia local.

Na arquitetura do município destacam-se as casas da Rua Tenente Manoel Cirilo, que é chamada por todos como “a Rua de Baixo”. Foi na “Rua de Baixo” que Ouro Branco começou, e é nesta rua, que estão as memórias mais antigas da cidade, tanto nas lembranças quanto nas fachadas das casas, pelos traços da arquitetura. Com o passar dos anos, começou a ter alteração na arquitetura de algumas residências e surgiu a preocupação do município em promover ações de preservação do patrimônio, resultando neste trabalho de pintura das fachadas, para valorizar estas residências que contam a história do lugar.

Do SAIBA MAIS