Indicado a vaga de R$ 37 mil no CNJ, filho de ministro só obteve registro da OAB em 2019

O filho do ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Napoleão Nunes Maia, indicado para uma vaga no Conselho Nacional de Justiça, com salário mensal de R$ 37 mil só obteve a carteira do registro da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em 2019. A obtenção da carteira do registro da OAB é requisito indispensável para a atuação em processos como advogado. 

De acordo com o Estadão, o advogado Mário Nunes Maia, 44 anos, ainda se negou a detalhar a pouca experiência que tem no mundo do Direito e ainda se irritou ao ser questionado sobre algumas informações sobre seu currículo, de uma página, entregue à Câmara dos Deputados.

Yahoo

Agenda Zé Lins

Eleitor sem máscara não vai votar

Em entrevista exclusiva ao programa Ponto a Ponto, da BandNews TV, nesta quarta-feira, 28, o ministro do STF e atual presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, deixou claro que quem estiver sem  máscara de proteção não poderá votar no próximo dia 15 nas eleições. 

“Quem chegar sem máscara não vai votar e ponto”, destacou. “Não é questão de livre arbítrio, é questão de proteção do outro. Livre arbítrio é para decisões que nos afetam, neste caso, sem máscara não vota”.

O ministro acredita que as abstenções, que costumam a ser altas, não devem atingir patamares tão altos neste ano. “A sociedade brasileira tem se tornado mais mobilizada, ela anseia pela atuação política e as eleições municipais são decisivas na vida das pessoas, porque define coisas importantes como educação, saúde, saneamento básico”, exemplificou.

Ministro da Saúde é internado com desidratação em Brasília

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, passou a noite no hospital devido a um quadro de desidratação. A assessoria do ministro negou à CNN que seja uma complicação em decorrência da Covid-19. De acordo com o Ministério da Saúde, Pazuello não apresenta problemas no pulmão.

O ministro, que há uma semana foi diagnosticado com a doença, esteve pela manhã no hospital particular DF Star, em Brasília, para fazer exames.

Um dos objetivos era saber se ele permanece com o coronavírus. A partir dessa bateria de exames, os médicos identificaram que o ministro está desidratado. Ele apresentou o mesmo sintoma logo nos primeiros dias com a covid-19.

A médica que o acompanha, dentro e fora do Ministério, Laura Appi, está com ele no hospital neste momento também.

A expectativa é de alta neste sábado.

CNN BRASIL

Agenda Dorn Jr.

Dataprev abre novo prazo para contestar auxílio de R$ 300

Neste sábado, 31, abre o prazo para que os beneficiários que receberam todas as parcelas de R$ 600 do auxílio emergencial e foram bloqueados na prorrogação do pagamento, ou seja, não receberam nenhuma parcela de R$ 300, possam contestar a decisão. O pedido pode ser feito até o dia 9 de novembro, pelo site do Dataprev, do governo federal.

Segundo o Ministério da Cidadania, a medida não vale para beneficiários do Bolsa Família, que terão os critérios de contestação divulgados em breve.  Nesta sexta-feira, 30, iniciou o pagamento da 7ª parcela do auxílio e 2ª do ciclo de pagamentos de R$ 300 para aqueles que não fazem parte do Bolsa Família e nasceram em janeiro. Também hoje a Caixa conclui o pagamento da mesma parcela para os trabalhadores que fazem parte do Bolsa, cujo número do NIS termina em 0.

Bolsonaro deve promover em janeiro uma ‘ampla’ reforma ministerial

O presidente Jair Bolsonaro deve iniciar a segunda metade do seu mandato, em janeiro, com uma reforma que os líderes do governo já classificam de “ampla”, a fim de contemplar uma nova realidade política à qual teve de se render: o apoio dos partidos do centrão, que o próprio governo classifica de “tranquilizador”, e a eleição para renovar as mesas diretoras do Senado e da Câmara. A maioria dos ministros será trocada. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Até líderes governistas que não integram o centrão admitem ser preciso “ajustar” o ministério ao novo desenho da base parlamentar do governo.

Microcrédito impulsiona negócios de 452 empreendedores em 24 cidades do RN

Cinco dias, 452 empreendedores atendidos e um volume total de R$ 1,8 milhão em crédito para negócios de 24 cidades do Rio Grande do Norte. Esse é o resultado da caravana do crédito realizada pelo Governo do Estado através da equipe da Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN-RN).

A equipe passou por Acari, Afonso Bezerra, Apodi, Bodó, Caicó, Campo Redondo, Caraúbas, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Coronel Ezequiel, Currais Novos, Jaçanã, Jardim de Piranhas, Lagoa Nova, Lajes, Lajes Pintadas, Jucurutu, Santa Cruz, São Fernando, Serra Caiada, Serra Negra do Norte, Tangará, Timbaúba dos Batistas e Triunfo Potiguar.

Desde o último dia 23, a equipe de colaboradores e parceiros tem realizado no interior do estado uma série de atendimentos, assinatura de contratos e concessões de financiamento para impulsionar negócios e promover a retomada econômica em meio à instabilidade provocada pela pandemia da Covid-19.

Banco Mundial vai emprestar US$ 1 bilhão para expansão do Bolsa Família

O Conselho de Diretores do Banco Mundial, nesta sexta-feira (30), um empréstimo de US$ 1 bilhão para que o Ministério da Cidadania amplie o programa Bolsa Família. A medida faz parte do Projeto de Apoio à Renda para os Pobres Afetados pela COVID-19. 

“O programa apoiará a ampliação do programa Bolsa Família, por meio do financiamento de transferências de renda que beneficiarão cerca de 3 milhões de pessoas, incluindo mulheres, crianças e jovens, indígenas e outras minorias”, informou o Banco.

A expansão do Bolsa Família visa ajudar famílias que deixarão de receber assistência social com o fim do auxílio emergencial no final do ano. Antes da pandemia, o Brasil tinha cerca de 13 milhões de famílias cadastradas no Bolsa Família. A ideia é que, com o financiamento, o programa atenda mais cerca de 1,2 milhão de famílias, que continuarão precisando dos recursos após o término do auxílio emergencial.

Odon Júnior realiza maior carreata da história política de Currais Novos

Os currais-novenses puderam testemunhar na noite de ontem (29), o maior evento político de sua história. Com uma carreata que mobilizou um número incontável de carros, caminhões e motos, o desejo de continuar avançando ficou estampado de vermelho pelas ruas da cidade.

Odon Júnior e Ana Albuquerque, que vem sendo destaque em todo o Estado por apresentar uma campanha pautada em propostas e em diálogo constante com a população, sem ataques a adversários, conseguiu mobilizar de forma espontânea, a maior carreata política da história da cidade.

No alto das ruas do loteamento Lares de Santana, a dupla recebeu os deputados Francisco do PT e Rafael Motta e, juntos com os candidatos a vereadores da Coligação Avança Mais Currais, deram início a carreata que levou às principais ruas de Currais Novos a maior quantidade de carros já vista em uma mobilização desse tipo.

Ao longo do percurso, o que se viu foram cenas emocionantes de demonstrações de carinho e apoio a campanha de Odon e Ana. Milhares de pessoas aguardavam em suas calçadas e fachadas enfeitadas com bandeiras, balões e cartazes, a passagem dos candidatos.

A carreata teve fim no largo do Tungstênio Hotel, onde milhares de pessoas já aguardavam a chegada de Odon e Ana. Em discurso emocionado, Odon agradeceu a imensa manifestação popular realizada pelo povo. “Antes de mais nada, quero agradecer a Deus e ao povo da minha cidade. Muito obrigado Currais Novos. Obrigado a minha família, em especial a minha esposa que está aqui ao meu lado, carregando meu filho Vítor, que irá nascer nos próximos dias. Nossa campanha já entrou para história, mais uma vez. Pois nosso projeto é governar junto do povo e para o povo. E essa manifestação de hoje provou que Currais Novos deseja continuar avançando”, disse Odon em sua fala.