PREFEITO DE CURRAIS NOVOS DECRETA LUTO OFICIAL POR TRÊS DIAS PELO FALECIMENTO DE IRMÃ ANANÍLIA

O Prefeito de Currais Novos, Odon Júnior, decretou na manhã desta sexta-feira (24), Luto Oficial por 03 (três) dias no município pelo falecimento de Iolanda Gomes de Assis, a Irmã Ananília, que faleceu no fim da tarde de ontem (23), em Natal, onde estava internada desde o último dia 10 de junho.

A notícia de seu falecimento foi confirmada pela diretoria da Casa Irmã Ananília, instituição fundada pela freira no ano de 1992, com o nome Casa do Pobre.

Eis o Decreto na íntegra:

DECRETO Nº 5.178, de 24 de junho de 2022.

Declara LUTO OFICIAL no Município de Currais Novos pelo falecimento da Sra. IOLANDA GOMES DE ASSIS – IRMÃ ANANÍLIA.
O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CURRAIS NOVOS, Estado do Rio Grande do Norte, no uso das atribuições que lhes são conferidas pela Lei Orgânica do Município e, ainda;

CONSIDERANDO o falecimento da Sra. Iolanda Gomes de Assis – Irmã Ananília, ocorrido no dia 23 de julho de 2022;

CONSIDERANDO os preciosos trabalhos dedicados à comunidade currais-novense no decorrer de sua vida, ingressou na caminhada religiosa na Congregação Filhas do Amor Divino, foi professora e fundadora da Casa do Pobre, hoje, Casa Irmã Ananília;

CONSIDERANDO ainda, que constitui obrigação indeclinável do Poder Público render justas homenagens àqueles que colocam sua vida a serviço da coletividade e, assim contribuem para a realização dos princípios essenciais do bem-comum;

DECRETA:
Art. 1º Fica declarado luto oficial no Município de Currais Novos, por 03 (três) dias, a partir desta data, em sinal de pesar pelo falecimento da Sra. IOLANDA GOMES DE ASSIS – IRMÃ ANANÍLIA, que em vida prestou inestimáveis serviços ao Município de Currais Novos/RN.
Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Prefeitura Municipal de Currais Novos – Palácio “Prefeito Raul Macêdo”, em 24 de junho de 2022.

Plano Estadual da Primeira Infância até novembro

O Plano Estadual da Primeira Infância do Rio Grande do Norte, em elaboração por um grupo intersetorial composto pela SETHAS e outras secretarias de Estado, deverá ser concluído e enviado para a Assembleia Legislativa do RN em novembro.

No trabalho de construção do Plano Estadual, a especialista e assessora em políticas públicas, Iêda Castro, se reuniu hoje com as equipes do Comitê Intersetorial de acompanhamento do Programa Criança Feliz (PCF) no  Estado para alinhamento em torno do diagnóstico a partir das diretrizes e normativas que orientam a elaboração dos planos estaduais e municipais da Primeira Infância.

Doutora em Políticas Públicas e ex-secretária nacional de Assistência Social no segundo Governo Dilma Rousseff, Iêda Castro explicou há um amadurecimento por parte do Governo do Estado da proposta e necessidade de um Plano Estadual da Primeira Infância.

APADEVI publica Nota de Pesar por Ir. Ananília

A Associação das Pessoas com Deficiência Visual, do Seridó (Apadevi), através da sua diretoria e associados, vem apresentar sentimento de pesar pelo falecimento da Irmã Ananília Gomes, ocorrido nesta quinta-feira (23), em Natal. Ela, que pertencia à Congregação das Filhas do Amor Divino, deixa um patrimônio social importante, fruto do trabalho fundamentado na caridade, que realizou em Currais Novos, em favor dos menos favorecidos.

ALAIR DANTAS

Presidente

Empresário curraisnovense já lembra com saudade, o trabalho social da Irmã Ananília

No dia 22 de dezembro de 2016, um empresário, filho de Currais Novos realizou “Natal das Crianças” da saudosa Casa do Pobre e da cidade. Momentos de muita alegria para as crianças, para a Irmã Ananília, seus colaboradores, e com certeza para o empresário.

Na ocasião, Irmã Ananília dizia da felicidade que vivia naquele momento. “A alegria das crianças é a minha alegria em dobro”, disse a religiosa.

Na matéria postada aqui no Blog, o empresário preferiu não ter seu nome divulgado. Apenas dizer que ficou satisfeito pelo que pode proporcionar às crianças naquele dia.

Agora, revelamos aqui o nome desse empresário: Sérgio Dantas, que ao saber do falecimento da Irmã Ananília nesta quinta feira (23), lamentou a perda, e já com saudade, lembrava o trabalho social da religiosa.

Sérgio, fez questão de ressaltar o exercício da caridade, praticado pela religiosa, Filha do Amor Divino, na instituição a qual fundou, Casa do Pobre, em 26 de julho (Dia de Sant’Ana) em 1992.

“Sem dúvida, Currais Novos perde um símbolo do amor ao próximo, sem olhar a quem; Descanse em Paz Irmã Ananília, pelo tanto que fez pelos mais necessitados da nossa terra”, frisou Sérgio Dantas.

AMSO apresenta Nota de Pesar pelo falecimento de Ir. Ananília

A Associação dos Municípios da Microrregião do Seridó Oriental, apresenta sentimento de pesar pelo falecimento da Irmã Ananília, ocorrido nesta quinta-feira (23), em Natal. A religiosa que pertencia à Congregação das Filhas do Amor Divino, deixa um legado de fé, amor, fraternidade e dedicação ao próximo.

Em 1992 Irmã Ananília fundou a Casa do Pobre, um projeto social mantido sem fins lucrativos que virou referência para todo o Rio Grande do Norte. O espaço foi reconstruído e reinaugurado em 26 de fevereiro de 2021, com o nome de Casa Lar Irmã Ananília.

Em nome de todos os prefeitos associados à AMSO, a instituição apresenta condolências aos familiares, amigos, além das irmãs Filhas do Amor Divino. Descanse em paz.

Câmara emite Nota de Pesar por Ir.Ananília

PESAR: Prefeitura Municipal de Currais Novos

Nota de Pesar

Uma noite de São João diferente.

Os tradicionais fogos e lampejos juninos anunciam a partida de Irmã Ananília.

Faleceu no fim da tarde desta quinta-feira, 23 de junho de 2022, aos 92 anos, a Mãe dos Pobres, Iolanda Gomes de Assis, conhecida por todos como a Irmã Ananília Gomes.

Modelo de caridade, simpatia e carisma, dotada de uma presença religiosa marcante em nossa comunidade, Iolanda viveu uma infância feliz no município de São Tomé. Mas brincou muito pelas ruas e praças de Currais Novos.

Estudou no Grupo Escolar Capitão Mor Galvão e no Educandário Jesus Menino.

Ingressou na vida religiosa, na Congregação das Filhas do Amor Divino. Tornou-se professora dedicada ao jardim de infância, optando depois pela prática de educação física, durante vários anos, no Colégio Santa Teresinha, em Caicó.

Deixou de atuar no magistério e, mesmo sem muito apoio, fundou a Casa do Pobre, no dia de Sant’Ana, 26 de julho de 1992. Mas Deus estava sempre ao seu lado e como milagre, logo equipamentos, móveis e doações foram chegando.

Com muita luta, perseverança e uma incrível visão social, conseguiu erguer e manter a instituição até os dias de hoje.

Ficamos com o exemplo, o carinho, o amor e a dedicação aos menos favorecidos. Sua grande obra: a CASA IRMÃ ANANÍLIA, será sempre guardada e cuidada por todos nós.

Com profundo pesar, a Prefeitura Municipal de Currais Novos, através de seu Prefeito, o Exmo. Sr Odon Oliveira de Souza Júnior, sua Vice-prefeita Ana Lúcia Lopes de Albuquerque, e todos que fazem o Poder Público Municipal, Secretários, funcionários e colaboradores, apresentam a todos os familiares e amigos, os mais sinceros votos de pesar pelo seu falecimento.

Nos juntamos a dor da família, nesse momento de pesar, pedindo a Deus que possa confortar todos os corações enlutados.

“Pois a sua ira só dura um instante, mas o seu favor dura a vida toda; o choro pode persistir uma noite, mas de manhã irrompe a alegria”.

Salmos 30:5

Luto: Jesus Menino publica Nota de Pesar por Ir. Ananília e suspende aulas

NOTA:

Em detrimento da partida para a morada celestial da nossa querida Ir Ananília, Filha do Amor Divino, mãe dos pobres-como assim era chamada, Enquanto Instituição enlutada, comunicamos que, amanhã não teremos aula.

Por este momento de dor e solidariedade, pedimos oração pelo seu descanso eterno. Certos de que, a Irmã cumpriu sua missão e deixou seu legado, nos uniremos para dar o adeus em memória de sua alma, na manhã de amanhã.

Faleceu Irmã Ananília

A Páscoa Definitiva da religiosa da Congregação das Filha do Amor Divino foi na tarde desta quinta-feira, em Natal onde estava internada desde o dia 10 passado. Seu quadro complicou-se, tendo sido acometida de Covid 19.

Irmã Ananília fundou a Casa do Pobre, que prestou inestimável trabalho social a Currais Novos e região.

Agricultura familiar: volume de vendas na Feira Nordestina ultrapassou R$ 600 mil

Muito mais do que café, almoço e janta, a 1ª Feira Nordestina da Agricultura Familiar e Economia Solidária (FENAFES) – realizada em Natal (RN), de 15 a 19 de junho no Centro de Convenções – comprovou que o movimento camponês tem outras riquezas para ofertar à sociedade. Conhecimento, tecnologia, respeito ao meio ambiente e às diferenças, partilhas, trocas, saberes, sabores e, claro, trabalho, emprego e renda por meio de um dos modos de produção mais remotos da humanidade: a agricultura familiar. No total, cerca de 100 atividades, contando as atrações culturais, mobilizaram um público estimado de pelo menos 20 mil pessoas.  Em cinco dias de evento, o faturamento bruto contabilizado nos estandes e na vila gastronômica excedeu a cifra de R$ 600 mil entre produtos frescos, beneficiados, alimentos processados e prontos para consumo.

“A realização da primeira edição da Feira Nordestina da Agricultura Familiar, aqui em Natal, é um marco porque na contramão do que o governo federal vem fazendo, que é o desmonte das políticas públicas dessa área tão importante, o Rio Grande do Norte e o Nordeste estão investindo, estão implementando ações políticas na direção do fortalecimento da agricultura familiar. Um governo comprometido em combater a desigualdade social, que tem compromisso em garantir a segurança alimentar, faz o que o governo do Rio Grande faz e os demais estados do Nordeste estão fazendo: investindo em ações concretas e é isso o que expressa a Feira Nordestina”, declarou a governadora Fátima Bezerra.